top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Clarice Falcão lança álbum visual: “Truque”

Clarice Falcão faz de seu quarto álbum, “Truque”, um salto no desconhecido e um ousado experimento de acreditar no improvável. O lançamento marca o primeiro álbum visual de sua carreira, consolidando suas múltiplas facetas. Entre a melancolia de uma “Monomania”, a sinceridade ácida de um “Problema Meu” e a entrega sem filtros de uma mente atribulada que “Tem Conserto”, surge uma artista que se volta para o afeto. E uma co-produtora segura de si para experimentar sonoridades que mesclam da música brasileira à PC Music.



Cantora, compositora, atriz e roteirista, Clarice Falcão se destaca como um dos mais reconhecíveis e inventivos nomes da cultura brasileira há mais de uma década. Seu álbum visual chega com 12 clipes que dialogam com o talento de Clarice para desenvolver múltiplas personalidades e personagens. O resultado é um reflexo das complexidades do amor e das ilusões que alguém apaixonado cria na própria mente.


“’Truque’ é um disco sobre amor, sendo muito simplista. Mas é sobre se iludir e se desiludir. E se iludir de novo”, entrega Clarice, que recentemente estrelou “Eleita”, série que criou para o Amazon Prime Video. O trabalho explora diversos aspectos do romance, desde canções para dançar sozinho até aquelas para chorar no banho e fazer escolhas questionáveis.



Os primeiros singles do álbum, “Chorar na Boate” e “Ar da sua Graça”, foram uma introdução à diversidade de temas e estilos abordados em “Truque”, provando que este é o trabalho mais pop até aqui na trajetória singular de Clarice Falcão na música. Depois de uma estreia singela com “Monomania”, a artista logo se voltou para temas mais densos nos álbuns seguintes. Agora, ela retorna ao universo das paixões com uma nova abordagem.

Commentaires


bottom of page