top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Chorou Bebel reflete os múltiplos modos de se viver o afeto em álbum de estreia

O trio capixaba Chorou Bebel reescreve sonoridades de todo o mundo de um modo brasileiro em seu disco de estreia. “P/ QUEM TEM CORAGEM DE AMAR” explora a vulnerabilidade como uma força, a saudade como parte da vida e o ciúme como marca da existência de uma paixão. Trazendo diversos modos de se pensar o afeto, eles convidam o ouvinte a explorar o dia a dia com mais carinho.


Foto: Melina Furlan

O grupo foi formado em 2019 por Bozi, Rany Baby e Gabriel Bebici, um trio de compositores que se destacou no cenário musical da capital do Espírito Santo com uma roupagem particular em suas interpretações. Chorou Bebel foi reunindo referências até se consolidar na estreia com “P/ QUEM TEM CORAGEM DE AMAR”. O disco caminha entre pop, xote, samba, trap, bossa, world music, baião, R&B e piseiro, com sonoridades sessentistas e setentistas misturadas com a contemporaneidade.


A produção é assinada por Gabriel Bebici com co-produção de Gabriel Tosi. Rodolfo Simor assina as faixas “ME INVADE” e “PELO AVESSO”. O álbum de estreia de Chorou Bebel está disponível em todas as plataformas de música e no canal da banda com uma série de visualizers.

Comments


bottom of page