• Guilherme Moro

Cato Cato: Nick Cruz lança música nova com a participação de Urias

Depois de abordar questões relacionadas a sua trajetória como homem trans em “Sol no Peito”, Nick Cruz quer explorar outros temas e experimentar novas sonoridades. Flertando com um estilo urbano, influenciado pelo trap e a cultura hip hop, o cantor convidou ninguém menos que Urias para participar do seu novo single “Cato Cato”. O primeiro feat. do artista chega em todas as lojas digitais e clipe no YouTube no dia 10 de setembro.


No clipe, Nick e Urias estão em uma festa, um ambiente de muita dança, liberdade e diversidade, exaltando o empoderamento de seus corpos trans e de outros que fogem da representação normativa. O styling ficou por conta de Max Weber, que já assinou a beleza de inúmeros desfiles, capas de revistas e editoriais. A performance, que tem cenas de dança de voguing e pole dance, também contou com a participação de dançarinos experientes como DanDan Firmo, Edson Damazzo, Sofia Starling e as Irmãs Brasil, gêmeas trans reconhecidas internacionalmente na cultura Voguing.



Nick e Urias legitimam a importância que carregam para a comunidade LGBTQIAP+ e, nessa parceria, confirmam que amor, sensualidade e beleza podem ser encontrados por quem deseja e busca suas liberdades. “Eu estou muito orgulhoso desse trabalho e feliz de ter pessoas que admiro tanto nele. As imagens do clipe, as sonoridades, a participação da Urias… Ficou tudo lindo!” - afirma Nick.


Para Urias: “É um prazer imenso participar deste trabalho com o Nick. Tenho certeza de que todos irão curtir muito e se surpreender. Ver que nós estamos ganhando cada vez mais espaço na música com produções incríveis é recompensador”.


A repercussão positiva dos últimos trabalhos de Nick Cruz rendeu destaque na coluna de Zeca Camargo e participações nas lives de Pabllo Vittar, Jean Wyllys e Urias - ocasião em que surgiu o convite para o feat. de “Cato Cato”. Além disso, o artista cresceu 664% no TikTok e ultrapassou 4,6 milhões de reproduções em suas músicas no Spotify e no Youtube.

 

Informações gentilmente cedidas por:

Estar Comunicação