top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Baco Exu do Blues é o único brasileiro no TOP 10 mundial do Spotify

O EP “Fetiche”, que o cantor e compositor Baco Exu do Blues lançou na última semana, através do selo 999 em parceria com a Sony Music, é um dos dez mais ouvidos no planeta. Com mais de 10 milhões de áudio e vídeo streams no EP, o projeto vai muito bem em todas as plataformas.



No Spotify, o álbum acumulou mais de 3 milhões de execuções nas primeiras 24 horas e colocou Baco como o sexto TOP Artista na plataforma. As sete faixas do projeto entraram no TOP60. Já no YouTube, o artista baiano conseguiu colocar 3 vídeos Em Alta no Brasil. Na Deezer, o EP completo estreou no Top 200 e está entre os quatro álbuns mais ouvidos na plataforma.


“Fetiche” é forte e com apelo popular. É ácido e gostoso de ouvir do início ao fim. É mais um trabalho para se tornar refém da imensidão que é Baco Exu do Blues. Na capa, idealizada pelo próprio artista, uma mulher está de costas, na cama, submissa com uma imagem de Baco tatuada. “Eu enxergo as únicas qualidades que a história nos deu como uma forma de castração de humanidade, como limitador do ser. Eu não aceito e nem quero abraçar isso. Não quero ter medo de ser desejado ou achar que isso não é um direito meu. Eu enxergo minhas qualidades e quero poder sentir que estou no imaginário alheio por mais de um motivo. Ocupando mais do que um único lugar e criando o meu próprio espaço”, afirma o cantor e compositor baiano.


As canções trazem o jeito único do baiano fazer Rap e justificam o fato dele ser uma das principais canetas da música contemporânea nacional. “O desafio neste EP foi trazer instrumentais suaves para que ao mesmo tempo que as pessoas entendam a profundidade e sensibilidade das letras possam apenas ouvir de forma repetida, mesmo sem prestar total atenção a ele. A suavidade é uma marca rítmica deste processo”, detalha Baco.

Kommentare


bottom of page