top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Após muita expectativa Ellie Goulding lança o álbum “Higher Than Heaven”

Após mudanças na data de lançamento, que estava previsto para fevereiro, depois transferido para março, nesta sexta-feira (07), finalmente os fãs de Ellie Goulding poderão ouvir o quinto álbum de estúdio da cantora norte-americana. Higher Than Heaven” foi anunciado em outubro de 2022 e com perspectivas de letras diferentes das demais lanãdas pela cantora, que lançou seu álbum mais pessoal, segundo ela mesma.



O Blog Música Boa teve a oportunidade de ouvir algumas faixa do projeto antes mesmo do lançamento, em uma conversa que a cantora teve com jornalistas do Brasil, em fevereiro deste ano.


Ela demonstrou estar ansiosa e animada com o lançamento e inclusive confessou que este era o álbum que mais foi honesta em toda sua carreira: “Eu tenho uma música com esse título e não conseguia pensar em outro nome melhor, que pudesse enviar as pessoas para esse mundo ideal, acima do céu", disse a estrela.


Apesar das diversas mudanção na programação do material completo, os fãs receberam como presente alguns singles divulgados de forma prévia ao lançamento do álbum.



O primeiro deles veio ainda em julho: "Easy Lover", uma parceria com Big Sean, em seguida "Let It Die" em outubro. O próximo veio somente em fevereiro, "Live A Savior" e por último "By The End Of The Night", que surge como uma das grandes candidatas a se tornarem um hit, definida pela cantora como uma "power ballad".


A primeira impressão é de um trabalho com uma sonoridade pop vintage, apesar de beats e vocais contemporâneos. As levadas e colocações dos instrumentos remetem à música pop dos anos 80.


“As músicas que eu escuto têm muita influência dos anos 1980, tem muitas músicas que eu ouvia quando era pequena que eram grandes power ballance".



A produção ficou por conta dos consagrados Greg Kurstin (Sia, Maggie Rogers, Elton John), Jessie Shatkin (Charli XCX, Years & Years), Koz (Sam Ryder, Madonna, Dua Lipa) e Andrew Wells (Halsey, Yungblud) , que produzira, artistas de diferentes gerações, o que contribuiu para o resultado final do projeto.


Todo o álbum é uniforme e parece contar uma história. As músicas se encaixam, tanto nas melodias, quanto nas letras, sempre dando continuidade aos pensamentos pessoais de Ellie neste trabalho.


A união de sintetizadores, guitarras com sonoridade indie e baixos marcantes tornou “Higher Than Heaven” no mínimo um álbum diferente. Na verdade é um excelente disco de pop. Resta saber se os padrões do pop vão embalar o projeto, que tem possibilidade fervorosa de fazer um grande sucesso no Brasil.



Kommentare


bottom of page