top of page
  • Guilherme Moro

Ao lado de Gaab e DJ Win, MC Braz dá início a lançamentos de álbum com “Culpa Sua”

Quem pensa que os hits nacionais do funk nascem somente no Rio de Janeiro ou em São Paulo está muito enganado. Com mais de 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify, Mc Braz colocou Belo Horizonte no mapa do funk e vem emplacando hit atrás de hit. Agora, o artista prepara o álbum “Beagá”, uma homenagem à cidade de origem, lançando o primeiro single da produção nesta sexta-feira, 27 de janeiro. “Culpa Sua” chega trazendo ainda duas grandes parcerias, um dos grandes nomes do POP nacional, Gaab e DJ Win.


Composta pelos próprios Mc Braz, Gaab e DJ Win- um dos maiores produtores do segmento que também assina a produção da faixa-, “Culpa Sua” é um funk melódico, “no pique de BH”. A letra fala sobre um amor que acabou por culpa da pessoa amada, e como ela não quis mais seguir, agora que ele está na "cachorrada" a culpa é dela.


“Essa música, assim como todo o álbum é totalmente focado no funk de Belo Horizonte. O que chamamos de uma música no "pique de BH". Junto com o DJ Win, um dos precursores desse gênero como produtor, estou há anos compondo Funk Melódico. Nós escutamos muitos artistas internacionais, buscando sempre novas referências, mas nesse álbum, a referência é o próprio funk de Belo Horizonte. A ideia é valorizar a nossa música e também os profissionais daqui. Todo mundo envolvido no álbum é de BH, desde o diretor dos clipes, estilista até o designer”, explica Mc Braz.


Sobre a parceria com Gaab, o funkeiro não esconde a animação. "Eu tô muito feliz do primeiro single do meu álbum ser uma colaboração com o Gaab. Ele é muito referência. Eu acompanho ele já tem muitos anos. E é aquela coisa, eu não imaginava fazer uma música com ele, logo no momento que escolhi expandir minha carreira para todo o Brasil, ele ser o primeiro. Eu sempre vi ele como referência mesmo. Desde das antigas, acompanho ele desde 2013. Acho muito foda, tem a voz incrível e como pessoa também”, completa.


Já os clipes também vão seguir o conceito do álbum, exaltando a cidade do Mc: Belo Horizonte. Por isso, todos serão gravados em pontos turísticos e emblemáticos para os moradores da capital mineira, além de trazer figuras conhecidas por eles na cidade.


Em “Culpa Sua”, Gaab, sofrendo de uma desilusão amorosa, vem a Belo Horizonte para desabafar com seu amigo Braz, que tenta animá-lo apresentando lugares diferentes da cidade. Porém, como todo turista, Gaab começa a se perder e ficar confuso com a quantidade de informações, principalmente quando chega ao Shopping Oiapoque, conhecido por sua variedade de produtos e principalmente pela lábia dos vendedores - no clipe representados pelo comediante regional Colé, Markin. Os dois andam pela cidade passando pelo mercado central - conhecido por seus bares - até chegarem ao mercado novo, onde Gaab dá a volta por cima. O refrão da música tem a participação de um balé, que conta com as influenciadoras da cidade Bella Duarte e Isabelly Thompson, afinal, não poderia faltar o clássico passinho de BH.


Além de “Culpa Sua”, o álbum terá outros sete singles inéditos e promete nacionalizar o funk mineiro que já é um dos grandes destaques dos aplicativos de música e redes sociais, mas ainda não atingiu a mídia tradicional.


Sobre Mc Braz


Natural de Belo Horizonte, Luís Henrique Braz, o Mc Braz, iniciou sua carreira aos 14 anos de idade, compondo suas letras na escola. Ao postar suas músicas em seu canal do Youtube foi despertando interesse de produtoras, criou conexões com o mundo do funk de Belo Horizonte até que, em 2017, entrou para a gravadora mineira Funk Explode.


"Não Nasci pra me Apegar", foi seu primeiro hit na capital mineira, mas a partir de 2018 inaugurou oficialmente o seguimento do gênero conhecido como “Funk de BH” emplacando as faixas "Procedimento", com o MC L da Vinte, e "Mina Mercenário", com o MC Luan da BS".


Sua primeira faixa a atingir o nacional e chegar a milhões de plays nas plataformas foi "Replay" em parceria com o MC Zaquin. Desde então, emplacou vários sucessos como "Eu Catuquei" (+80M DE STREAMS), "Condição" (13M DE STREAMS), "Joga na Cara" (27M DE STREAMS).


Em 2022 encerrou sua parceria de 5 anos com a gravadora Funk Explode se tornando um artista independente. "Kikando e Me Olhando", seu primeiro lançamento independente, se tornou um dos challenges mais realizados do TikTok e em menos de um mês atingiu o TOP 10 das músicas mais ouvidas. Hoje, o artista coleciona milhares de plays e mais de 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify.

bottom of page