• Guilherme Moro

Agonia do Silêncio aborda cultura do cancelamento no novo single "Cancelado"

O grupo catarinense Agonia do Silêncio lançou um novo single, intitulado “Cancelado”, que trata da cultura do cancelamento, assunto amplamente discutido nos últimos meses e evidenciado no reality show de sucesso, Big Brother Brasil. "Uma semana antes da gravação, havia um encontro marcado entre Pio e Lenon (vocalista e guitarrista, respectivamente) para compor a música e, coincidência ou não, os dois haviam escrito sobre o mesmo tema, sem saber. Juntamos as ideias e compusemos a letra. Ela fala sobre o tribunal instaurado nas redes sociais, onde as pessoas podem julgar, como se nunca cometessem nenhuma falha. Um misto de ódio e hipocrisia das pessoas", comentam os integrantes.



A banda tem influências de grandes nomes vindos do punk, como Ramones, Descendents, Cólera, Blind Pigs e Bad Religion. A trupe tem personalidade forte para se posicionar em assuntos delicados da sociedade atual. "A importância de pautar esse tema é gerar um ponto de reflexão. O cancelamento sempre existiu no cotidiano das pessoas, porém nas redes sociais as proporções são bem maiores e ainda não sabemos quais efeitos podem causar. Em um ambiente onde tudo fica registrado e arquivado, qualquer deslize pode afetar a vida de alguém durante anos, ou até por uma vida inteira", alertam.


A gravação da faixa foi viabilizada por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020), no município de Brusque. O grupo promete, através do mesmo projeto, lançar mais dez músicas inéditas, sendo uma por mês.  A banda, que existe desde outubro de 2018, foi criada por Pio e o baterista Renan, inicialmente só para fazer um som. O projeto foi criando corpo, pois Pio já tinha algumas composições. "No início ainda era um projeto e ambos (Pio e Renan) ficaram apenas ensaiando de forma bem esporádica. Em 2020 gravamos e lançamos um single, “O Melhor Alvejante”, que também recebeu um clipe. Foi nessa época que Lenon ingressou na banda.  Por causa da pandemia, não focamos nos ensaios, mas seguimos compondo".


Foto: Felipe KZ


Com certeza a dúvida que paira no ar em meio a essa matéria, é se os integrantes do power trio catarinense já foram cancelados ou não. Eles brincam sobre o assunto:  "Temos algumas situações do cotidiano que costumamos brincar entre nós, até porque hoje em dia, ao menos para nós, o termo ao mesmo tempo que fere e causa dano, também virou motivo de piada e brincadeira entre as pessoas, por exemplo: entre nós e os amigos, cancelamos o Renan  por assumir gostar mais de AC/DC do que de Ramones, inclusive participamos em um grupo de whatsapp com pessoas de várias regiões do país e lá esse assunto é sempre piada. Já cancelamos o Lenon por confundir uma música do The Clash com Dead Kennedys. Seriam cancelamentos mais nesse sentido. Um cancelamento digamos que oficial ou de proporções que causassem algum dano nós nunca tivemos."


Capa do single