top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

8ª edição de Toda Terça Festival reúne artistas dentro de ônibus itinerante para apresentações

O Toda Terça Festival, projeto de shows itinerantes do grupo teatral Zózima Trupe, chega em sua oitava edição, todas as terças-feiras de maio e abril, como já antecipa o nome, sempre às 19h, no interior do chamado “omnibus para todes”. Sim! O veículo é o palco que passeia, com seu público e artistas diversos, pelos arredores da região central de São Paulo. O ponto de encontro - e também encerramento de percurso - fica na plataforma 0 (zero) do Terminal Urbano Parque Dom Pedro II. As sessões são gratuitas e os ingressos serão sorteados semanalmente no perfil do grupo no Instagram.


Foto: Leonardo Souzza

“O ônibus, símbolo do popular, do cotidiano, casa itinerante do trabalhador, principalmente do trabalhador periférico, é uma potente plataforma de inovação do que pode vir a ser os nossos deslocamentos pela cidade. É uma provocação de que tudo é possível ser mais criativo, mais cultural e acessível. Quando o ônibus circula pelas ruas e avenidas, o show não é mais só para quem está dentro, é para todos que encontramos no caminho”.


A proposta da iniciativa é, trajeto a trajeto, a de descentralização e democratização das artes. A cada nova temporada, a icônica ação busca atrações para os mais diferentes gostos. Na edição anterior, por exemplo, recebeu nomes como Marcelo Jeneci, Jota.Pê e Anná. Nesta, quem abriu o festival foi a cantora Yzalú. Ainda neste mês, Filipe Toca (18/04) e Clara Valverde (25/04) marcam presença. Em maio, Potyguara Bardo (02/05), Kacá Novais (09/05), Bruna Black (16/05), Quixote na Surdina (23/05) e Davi Sabbag (30/05).


“A ideia é oferecer uma programação cultural contínua para que o público tenha acesso à cidadania artística e ao encontro, para que haja a humanização do transporte e o diálogo com os trabalhadores e usuários em geral”, explica Anderson Maurício, gestor e cofundador da Zózima Trupe, um grupo de teatro que pesquisa desde sua fundação, em 2007, o ônibus urbano como espaço cênico. “Seguimos desbravando o arcabouço do ônibus como palco e falando diretamente ao trabalhador, aquele que tem o próprio corpo abatido dia a dia pelas insuficiências do transporte coletivo”, completa. Com a aquisição de um ônibus próprio, grafitado e adaptado, o grupo criou o projeto “Omnibus para Todes”, que tem como proposta a transformação do veículo em um centro cultural sobre rodas, para atingir novos públicos e servir como plataforma de atividades para toda a cidade. É aqui que o festival se dá. Ao todo, o Toda Terça Festival já promoveu, nesse espaço, mais de 150 apresentações com aproximadamente 350 grupos e artistas do Brasil inteiro.


“Vale dizer que essa edição é composta de figuras da nova geração que trazem a identidade, as lutas de gênero, raça e acessibilidade, e seus espaços de atuação como inspiração para tecerem suas propostas musicais. Também incluímos no edital artistas que atuam nas ruas, nos trens, ônibus e metrôs da cidade, e que, geralmente, atuam de forma informal, pois ainda não há uma lei que regulamente essas intervenções artísticas tão bem vindas no dia a dia do trabalhador/passageiro. É importante unirmos para que a arte seja de fato um exercício de cidadania e, assim, um direito de todos”, ressaltam.


Considerando a limitação de assentos do Omnibus para todes (26 lugares ao todo), os ingressos para assistir às apresentações - como já sinalizado - serão sorteados, semanalmente, no Instagram da Zózima Trupe. Para participar dos sorteios, os interessados devem seguir o perfil @zozimatrupe no Instagram; curtir a imagem oficial do sorteio (publicada com uma semana de antecedência); comentar a hashtag ‘#todaterca’ e marcar duas pessoas. Àqueles que não conseguirem ingressos no sorteio, uma lista de espera será aberta no dia de cada show, às 18h, no ponto de encontro com o público.


O projeto é realizado através da Secretaria Municipal de Cultura e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, SPTrans, com a cessão de espaço e SOCICAM.

Comentarios


bottom of page